6 fatos sobre Goiânia que talvez você não saiba

Publicado por

Hoje, dia 24 de Outubro, a “Capital do Cerrado” comemora seus 85 anos! Em 2018, estima-se que a capital abriga aproximadamente 1.495.700 habitantes. Embora seja uma das capitais mais novas do país, Goiânia, a cidade que escolhemos por sede, se destaca em diferentes aspectos.

A seguir, alguns que você talvez não conheça:

1. Goiás Velho
Antes da fundação de Goiânia, a capital do estado era a Cidade de Goiás (conhecida popularmente como Goiás Velho). Mas, com a Marcha para o Oeste incentivando a ocupação de terras na região Centro-Oeste, a ideia de transferir a capital para uma nova cidade se mostrou conveniente e, no final de 1932, Pedro Ludovico – interventor federal na época e posteriormente governador do Estado – iniciou o projeto de construção de Goiânia.

2. O Nome
“Goiânia”, embora atualmente pareça um nome óbvio para muitas pessoas, não foi a primeira opção – nem a segunda, ou terceira. Na época, a escolha do nome da cidade aconteceria por meio de um concurso realizado por um jornal da Cidade de Goiás, e alguns nomes surgiram. Os mais votados foram “Crisópolis” (3º lugar), “Anhangüera” (2º lugar) e “Petrônia” (1º lugar). No entanto, a sugestão que levou apenas 2 votos foi a escolhida por Pedro Ludovico. “Goyania” foi um poema escrito pelo baiano Manuel Lopes de Carvalho Ramos, inspirado em sua passagem pelo estado de Goiás e que conta a história da região após a chegada dos europeus. O nome deste poema é tido como a principal inspiração para o nome da capital.

3. Área Verde
Uma das conquistas que a cidade pode ter orgulho em destacar é a de ser a cidade com mais área verde por habitante (94m²) no Brasil e a segunda no mundo, perdendo apenas para a cidade de Edmonton (100m²), no Canadá, superando também o índice recomendado pela Organização das Nações unidas (ONU), que é de 12m²/habitante. Tendo mais de 89% das vias públicas arborizadas, a cidade possui 32 parques e bosques, sendo o Lago das Rosas o mais antigo, construído ainda na década de 1940.

4. Art Déco
A cidade ainda incorpora uma grande herança arquitetônica do movimento Art Decó, que foi bastante popular no mundo inteiro durante as década de 1920 e 1930. Possui 22 edificações nesse estilo que foram tombadas pelo Instituto Nacional do Patrimônio Artístico Nacional (Iphan) e possui um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos em Art Déco do mundo inteiro.

5. Uma das melhores cidades
De acordo com um estudo feito pela consultoria, em 2017 a cidade figurava entre as 100 melhores cidades do país. Em 2015, foi considerada uma das 10 melhores cidades, de acordo com um estudo feito pela Istoé juntamente com a agência Austin Rating. Em relação às outras cidades brasileiras, Goiânia ocupa atualmente o 60º lugar no IDH nacional e o 1º lugar do estado.

6. Empreendedorismo
Em 2015, Goiânia figurou entre as melhores cidades para ser empreendedor no Brasil, de acordo com o Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), realizado pela Endeavor e divulgada pela revista Exame. Na lista, Goiânia aparece em 14º lugar (ICE: 6,26), à frente de cidades como Uberlândia, Brasília e Campo Grande, por exemplo. Em primeiro lugar está a cidade de São Paulo (ICE: 8,45).Um retrato disso é a presença da maior feira livre do Brasil e da América Latina na cidade. A Feira Hippie, que acontece todos os domingos pela manhã no entorno da Praça do Trabalhador, conta com mais de 6.800 feirantes cadastrados.

Fontes bibliográficas: Prefeitura de Goiânia, IBGE e Revista UFG. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s